Em 2019, postos de trabalho tem pequeno crescimento em Beltrão

Por Conexão Beltrão 11/02/2020 - 12:57 hs
Foto: AEN


PARANÁ-  Nove das dez cidades com maiores saldos de emprego no Paraná em 2019 registraram evoluções significativas no mercado de trabalho em relação a 2018, segundo balanço do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia.

Curitiba, Maringá, São José dos Pinhais, Cascavel, Pato Branco, Fazenda Rio Grande, Cornélio Procópio, Pinhais, Foz do Iguaçu e Toledo foram as cidades paranaenses com maiores saldos absolutos. Elas responderam, juntas, por 36.603 novos empregos em todo o ano no Estado.

Se observados apenas os municípios com maiores saldos de emprego, os crescimentos mais significativos foram registrados em Pato Branco (mais de 3.000%, levando em consideração o balanço negativo de 2018), Toledo (1.280%), Cornélio Procópio (1.049%), Pinhais (377,9%) e Fazenda Rio Grande (96,2%). Cascavel e Maringá evoluíram 76,4% e 22,4% respectivamente.

Segundo o Caged, das 60 cidades paranaenses com mais de 30 mil habitantes, apenas oito registraram indicadores negativos em 2019.

PATO BRANCO - 2.159 vagas foram abertas ao longo do ano em Pato Branco. com 15.752 trabalhadores contratados e 13.593 desligados.

 O município recuperou patamar de empregabilidade de 2017 e registrou evolução principalmente na construção civil (saldo de 754 novas vagas). Sozinha, a cidade de pouco mais de 80 mil habitantes respondeu por 12,4% de todo o balanço positivo do Estado (6.036) nesse setor. A recuperação do mercado imobiliário foi um dos principais indicadores da melhora no emprego em 2019.


FRANCISCO BELTRÃO - Atrás de Pato Branco, Francisco Beltrão contratou 10.204 trabalhadores e desligou 9.860, tendo um saldo positivo de apenas 344 vagas. Os setores da economia beltronense que mais contribuíram para o pequeno crescimento, foram do comércio e de serviços. Em dezembro o saldo de empregos foi negativo,  o município perdeu 291 vagas de trabalho.
Partes: AEN.